Recensão: Aprenda a ser carismático

Ferramentas para cativar, brilhar e vencer

por Ana Luísa Pereira // julho 23, 2022


Categoria: Cultura

minuto/s restantes

Título

Aprenda a ser carismático

Autor

OLIVIA FOX CABANE (tradução: Isabel Pedrome)

Editora (Edição)

Casa das Letras (Abril de 2022)

Cotação

17/20

Recensão

Nascida em Paris, filha de pai francês e mãe norte-americana, Olivia Fox Cabane é de origem judaica. Esta circunstância, aliada à eventual inépcia social, fez com que fosse discriminada, estimulando a estudar e a provar as suas valias. As duas licenciaturas em universidades internacionalmente reconhecidas – Pantheon-Sorbonne e Ludwig Maximilian de Munique –  assim o comprovam. Entretanto, foi directora de liderança numa startup inovadora de Stanford, tendo-se tornado conferencista e assessora de muitos líderes de empresas da Fortune 500 — como a Google, a MGM e a Deloitte —, bem como professora em Harvard, Yale, no MIT e nas Nações Unidas.

É autora do livro The net and the butterfly (editado pela Penguin em 2017), estando actualmente a escrever The genius myth: how anyone can learn to access their inner Einstein.

Pelo seu currículo, desde logo se percebe que a autora tem experiência comprovada sobre o tema deste livro, Aprenda a ser carismático, agora publicado pela Casa das Letras. De facto, os seus exemplos decorrem da sua própria experiência adquirida na assessoria a muitos e reconhecidos empresários de sucesso.

Neste livro, o leitor encontrará uma série de ferramentas e exercícios para aprender e aperfeiçoar técnicas com o objectivo de se tornar uma pessoa e /ou líder carismático.

A primeira coisa que podemos desconstruir é a ideia de que o carisma é algo inato. Pelo contrário, o que a autora nos mostra é que, na verdade, podemos aprender a desenvolver uma série de comportamentos que nos conduzirão a adquirir uma personalidade carismática.

Além de providenciar exercícios meditativos para nos tornarmos mais conscientes do momento que vivemos, ajuda-nos a focar na situação e nas pessoas com que nos defrontamos em cada momento.

Os leitores familiarizados com as técnicas de meditação Vipassana (desenvolvida por S. N. Goenka, a partir dos princípios do Budismo) e Mindfulness (baseada na atenção plena) reconhecerão os exercícios de meditação sugeridos. Note-se, porém, que estes exercícios podem ser altamente profícuos não apenas para desenvolver uma personalidade ou comportamentos carismáticos, mas também para melhorar a concentração e o foco no essencial – algo tão importante nesta era dos dispositivos electrónicos e das notificações e distrações contínuas.

Depois de percebermos que podemos desenvolver comportamentos e práticas – para ultrapassar os obstáculos, bem como a criar estados mentais mais adequados ao carisma –, a autora apresenta quatro tipos de personalidade carismática. Deste modo, podemos adquirir e aperfeiçoar as estratégias conforme o contexto.

Com efeito, daqui podemos reter dois ensinamentos: o de que os tipos de personalidade não são estanques, e de que cada pessoa pode aprender e aplicar cada um deles em função dos desafios a superar.

A ideia de que está nas mãos do leitor essa mesma aprendizagem perpassa toda a obra, sendo, por isso, um livro com um potencial enorme para quem quer ser bem-sucedido no mundo dos negócios.

Mas não só. A empatia, a linguagem corporal e a afectividade (q.b.) podem ser ‘armas’ infalíveis para alcançar objectivos pessoais e profissionais que dependam de alianças, cooperação e coparticipação – formas de viver e trabalhar no mundo contemporâneo.

Pelo exposto, é possível afirmar que todos têm a ganhar em ler este livro que nos ajuda a estabelecer relações pessoais e profissionais de forma mais consciente, harmoniosa e, até, calorosa.

Atrevemo-nos a dizer que este livro é essencial para pessoas que têm ocupações como a de ‘influencer’ ou ‘lobista’, no qual encontrarão inúmeras ferramentas para se tornarem mais influentes e inspiradores. Mas, como referido, este livro pode e deve ser lido por todos aqueles que cuidam e lidam com muita gente, pois, nele encontrarão, por exemplo, formas para gerir o desconforto e situações difíceis.

Excerto (página 56): “Lidar habilmente com qualquer experiência difícil é um processo em três etapas: afastar o estigma associado ao desconforto que essa experiência provoca, neutralizar e reinventar a realidade”.

O jornalismo independente DEPENDE dos leitores

Gostou do artigo? 

Leia mais artigos em baixo.

THE SORROW OF LOVE (versão de 1892) by: W.B. Yeats (Tradução de André Carlos Salzano Masini) Sobre os telhados a algazarra ...