Recensão: SEJA UM SUPER-HUMANO

Um buffet de dicas saudáveis

por Maria Afonso Peixoto // julho 27, 2022


Categoria: Cultura

minuto/s restantes

Título

Seja um super-humano

Autor

MANUEL PINTO COELHO

Editora (Edição)

Oficina do Livro (Maio de 2022)

Cotação

16/20

Recensão

Para a maioria dos portugueses, Manuel Pinto Coelho dispensa apresentações. Muitos, pelo menos, terão já ouvido o seu nome, ou visto o seu rosto, na televisão, na estante de uma livraria, ao folhear uma revista ou um jornal, ou até em podcasts no Youtube.

Nos últimos anos, este clínico com uma experiência de meio século de prática tornou-se numa cara conhecida da praça pública, amiúde associado a declarações controversas no seio da comunidade médica. Sorridente e bem-disposto, causou burburinho as suas posições sobre, por exemplo, a exposição solar desprotegida e a utilização de estatinas.  

Licenciado em Medicina e Cirurgia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa em 1972, Pinto Coelho teve uma formação académica convencional, mas a doença neurodegenerativa (esclerose lateral amiotrófica) que, no final do ano passado, vitimou o seu filho Bernardo, levou-o a procurar novas formas de potencializar a saúde humana. Desde então, publicou diversos livros – alguns tornando-se best-sellers, como Chegar Novo a Velho, em 2015 – e fundou ainda a sua própria clínica.

Seja um super-humano – 50 hábitos que vão mudar a sua vida para sempre é, como o título sugere, uma compilação de várias recomendações com vista à melhoria da saúde. É uma espécie de manual que aborda um pouco de tudo. Por se tratar de uma lista bastante extensa de sugestões, nenhuma é desenvolvida com profundidade. No entanto, o autor resume essas sugestões com argumentos médicos.

Com 50 propostas ao longo de 367 páginas, e destinadas a uma grande diversidade de leitores, mesmo daqueles não familiarizados com temáticas médicas, o livro acaba, naturalmente, por ser de carácter bastante geral e abrangente. Não se trata, pois, de aconselhamento médico personalizado, nem esse é o propósito. O objectivo é ser um ponto de partida que proporcione ao leitor um aporte de informação que lhe permita, depois, explorar e ir implementando cada hábito conforme as suas próprias particularidades. É como um mapa para a saúde.

Seja um super-humano – 50 hábitos que vão mudar a sua vida para sempre fala assim de uma “prosperidade física”, algo que, para se alcançar, requer mais do que apenas uma alimentação equilibrada. É necessária, também, uma atenção ao ar que se respira, aos pensamentos que se entretém, às emoções com que nos ocupamos. E é por isso que este livro parece querer ser um guia completo para um estilo de vida, que abarca as várias dimensões do ser-humano: a física, mental e emocional.

Encontramos todo o tipo de conselhos, tão variados em tema como no grau de especificidade. Desde os que aludem ao que comemos ao exercício físico. Uns na linha de uma sabedoria ancestral, alguns de senso comum ou bom senso, como “Faça exames às principais patologias”, e outros mais irreverentes, como “Beba água do mar”.  

Em suma, este é um interessante “manual” para quem queira aprender a cuidar melhor do seu corpo (físico) ou manter-se em homeostase. Independentemente do nível de conhecimento, o leitor poderá aqui, de decerto, encontrar, ou recordar, algo de útil para a sua vida. 

O jornalismo independente DEPENDE dos leitores

Gostou do artigo? 

Leia mais artigos em baixo.

Sem pretendermos fazer qualquer aproximação específica, que seria abusiva para lá de toda a semelhança que existe entre todas as manifestações ...